El Gran Petit – Explorando o Alto Cachapoal

Na nossa procura permanente para explorar novos vales e técnicas para criar novos vinhos, muitas vezes temos sucesso e conseguimos materializar o vinho sonhado em nossa mente, mas noutras ocasiões verificamos que a nossa intuição e conhecimento não são infalíveis. Normalmente estes esforços não são conhecidos porque não se materializam num vinho que vem à tona, porém, para nós, esses esforços são sempre necessários porque nos deixam com importantes lições. Esta tentativa e erro em pequena escala é uma parte fundamental do trabalho dos viticultores e enólogos.

Em 2009, acreditávamos ter tudo claro quando plantamos nosso Campo La Moralina, no sopé do Cachapoal, privilegiando o Cabernet Sauvignon em solo aluvial e o Carmenere em solo aluvial-coluvial, porém, “sabíamos” que a particularidade daquele terroir poderia oferecer algo mais e apostamos – timidamente – em dois pequenos blocos de vinhedos de Petite Syrah e Petit Verdot. Sem dúvida, não eram duas variedades desconhecidas para nós, pois há mais de 10 anos produzimos estes dois pequenos gigantes no Vale do Maipo, principalmente para vinhos de corte – mas para esta área era algo inusitado.

Ambas as casta compartilham o nome “pequeno” devido ao tamanho de suas bagas, e o nome Petit ou Petite, é atribuído a cada uma devido ao seu gênero, ou seja, EL Petit Verdot e LA Petite Syrah.

Vinificados, apresentam diferenças claras entre si, no tipo de fruta e nos níveis de pirazinas, mas compartilham certos aspectos de concentração, potência tânica, cor e uma certa unidimensionalidade em sua paleta de aromas e sabores que os levaram a ser mais utilizados. normalmente como coadjuvantes do que protagonistas de um vinho.

Desta vez acertamos com grande precisão e já nas primeiras colheitas pudemos verificar o potencial que podem atingir quando são vinificados em ovos de cimento, com uma extração suave e quase passiva das suas películas negras.

Cristián Carrasco, enólogo a cargo do Gran Petit, percebeu-o de imediato e mostrou grande maestria neste jogo de precisão e subtileza, produzindo um vinho profundo e concentrado que alia certo caráter floral e delicadeza, que nos desconhecemos e que o fascinante terroir Alto Cachapoal revelou quem sabe procurar.

Si te interesa saber más, pregunta AQUÍ

Suscríbete a nuestras aventuras…

    Translate »